Qual a função do Bullet

O bullet, vibrador clitoriano, pode ser usado pela mulher ou pessoa que tem (yoni - vagina em sânscrito) durante o auto toque ou durante o ato sexual com parceiro(a). Sim, é possível usar durante o ato tranquilamente, principalmente esses pequenos que são fáceis de manipular. O prazer fica ainda mais intenso se unir o uso do vibrador com penetração.


Há alguns mitos que precisamos quebrar para incluir essa prática na vida sexual:

-Já ouvi pessoas falarem que o auto toque é pecado ou traição.

-Que é desnecessário e significa que a pessoa não está satisfeita com o parceiro (a,e).

-Alguns homens também não deixam a parceira (o,e) se tocar durante o ato por acharem que o lingam (pênis em sânscrito) tem que ser suficiente na relação sexual.

-Algumas pessoas acreditam que se tocar durante o ato chateia o(a,e) parceiro(a,e).

-Algumas pessoas se chateiam por não conseguirem ter orgasmo somente com penetração.

-Alguns pessoas acreditam que devem se satisfazer somente com lingam, com ato sexual e não sozinha (o,e).


Enfim, esses são alguns exemplos mais comuns de mitos e crenças que ainda pairam nas cabeças das pessoas.


Porém o auto toque é saudável, vontade de se tocar significa energia de vida, vontade de se descobrir sexualmente significa saúde, pois buscar autoconhecimento e satisfação nunca é demais, isso significa que você está indo atrás da sua felicidade, da sua plenitude e quem se foca nesse processo vive uma vida mais satisfatória consigo mesma(a).


Além de intensificar a masturbação sozinha(o,e) ou durante o ato sexual, o Bullet também promove uma "musculação" da yoni, tonifica o clitóris, isso porque o vibrador ajuda a entumecer a região, expondo a glande do clitóris com mais facilidade. Isso porque algumas yonis tem os clitóris muito para dentro, pouco estimulado o que pode atrapalhar na tentativa de chegar ao orgasmo. Isso não é determinando para explicar a falta de orgasmo, porém pode ser um dos fatores.


Em experiências clínicas percebi nos relatos de algumas mulheres que após o uso do bullet, as que tinham dificuldades de chegar ao orgasmo, perceberem que ficou mais fácil inclusive durante a relação sexual com penetração. Fisiologicamente falando essa é uma informação especulativa. Porém é certo que a prática de se tocar promove um entendimento profundo do próprio corpo levando pessoas a terem mais facilidade de chegarem ao orgasmo.


Se tocar não é feio! Faz parte do cuidado com a saúde!





7 visualizações

©2018 by Tha Radomile. Proudly created with Wix.com