Tantra - Não negue nada!

Para o ensinamento Tântrico, não há pratica do julgamento sobre quem você é, e sim estamos sempre crescendo e se desenvolvendo para uma vivência suprema.


"Não existe oposição entre você e a realidade: você é parte dela, então, não são necessárias lutas, conflito ou oposição a natureza". Osho


O Tantra diz : aceite-se como você é!


Nós, como somos, podemos ser parte do Nirvana (libertação do sofrimento e estado de paz).


Não precisamos viver como se houvesse uma lacuna entre nós e o mundo espiritual, o estado de paz.


Para alcançar esse estado de Nirvana podemos transcender utilizando a nós mesmos, nossa própria energia.


Por isso o Tantra não luta contra o sexo. O sexo é nossa energia básica e faz parte da nossa realidade, faz parte do nosso centro energético. Portanto essa energia deve ser usada para a transformação e alcance do Nirvana.


A energia sexual é neutra, como todas as outras. Não é má e nem ruim. Essa energia pode ser usada contra ou a favor de si mesmo.


Você pode fazer essa energia uma barreira na sua vida ou um degrau a mais.


Tantra diz para estar consciente dos desejos. Em vez de criar uma luta, crie movimento. Você estará sempre entre o desejo e fora dele de maneira natural.


Então, como estar no ato sexual, conscientemente?


Com plena perceptividade. Sexo é natural. Como qualquer coisa a sua volta. E assim precisa ser totalmente aceito para ser útil.


O sentido perigoso que a mente dá para o sexo torna-o tabu e por isso as pessoas ficam com suas energias desequilibradas.


Não se deve ter atitude ou julgamento sobre sexo.


O que você acha do braço?


Nada, você não acha nada do braço. Não tem nenhum julgamento e nenhuma atitude em relação a ele. Você não é a favor e nem contra. Assim deve ser com o sexo e a região genital.


O ato de negar ou tentar destruir a energia do sexo destrói nosso centro energético.


Você entenderá o sexo quando aprender a aceitar e a transformar.


Para o Tantra tudo é sagrado. O sexo é sagrado. Portanto não lute contra a energia criadora.


Na mesma energia que está a raiva está a compaixão. Portanto depende da direção que você dá para a energia. Tantra diz sobre despertar e não sobre adormecer as energias. Se matamos a energia de raiva, també


m matamos a energia de amor.


As energias apenas se transformam. A energia do sagrado inclui as energias de todas as ordens.







11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo